segunda-feira, 16 de setembro de 2013

X MOPAR NATS - ATIBAIA 2013 - mais foto e menos polêmica


Muito muito tempo sem novos "posts", mas chegou a hora de falar e mostrar o MoNa Brasil X.

A ausência justifica-se por projetos pessoais, basicamente foco na saúde e na família, assim o blog ficou empoeirado, mas este que vos escreve está 8 quilos mais leve e mais disposto.

Como no ano passado o evento foi realizado no confortável Hotel Tauá em Atibaia, para onde viajamos minha esposa, minha mãe e as gêmeas a bordo da Journey e eu com o Charger Monterrey. É uma satisfação dirigir Dodge todos os dias, um moderno durante a semana e o antigo aos finais de semana.


 Posso afirmar que este foi o evento mais polêmico de todos, pois foram determinadas regras mais restritas pelo hotel quanto à entrada nas suas dependências. E isso não foi uma postura gratuita. Infelizmente alguns visitantes extrapolaram no ano passado, houve até furto de objetos do hotel e depredação, sem falar no risco de acidente e atropelamento.


adoro as cores dos 70s

Não cabe a mim julgar, assim limito-me a dar meu testemunho sobre a dedicação dos integrantes do Chrysler Clube em fazer o MoNa chegar a sua décima edição. Participei, antes das gêmeas nascerem, da organização de algumas edições e sei que não é tarefa fácil. Talvez não havia tantas centenas de carros no estacionamento, mas pelo menos minha família e filhas puderam circularam tranquilamente entre os carros, curtindo o evento.

Dart mal intencionado
Polêmicas à parte, os Dodges deram um show, a qualidade e diversidade dos carros era enorme. Acompanhem nas legendas das fotos!

Dart 1973
lindo Dart custom 73 do Vital recém restaurado

lindo Pudim do nosso amigo blogueiro Rei
mais uma do R/T 79

Neste fim de semana tive o prazer de levar a minha mãe ao evento. Acho que já disse isso aqui, ela foi uma das responsáveis pela minha paixão, pois cresci a bordo de um Dart Gran Sedan, parceiro de muitas viagens ao Guarujá e ao interior. 

Dart 1973 Gran Sedan
Por sorte havia no evento um clone do carro dela, exceto pela cor. E por minha sorte o carro pertence ao Ricardo, que atende pela alcunha carinhosa de O BIGOOODE. Quando contei a história a ele, prontamente entregou-me as chaves e disse "tome aqui Gian, leve sua mãe para um passeio".

interior zerado do Dart, com câmbio na coluna
Dito e feito, Domingo após o café da manhã recriamos um momento mágico, minha e eu a bordo do Gran Sedan, com apenas uma diferença, agora não era ela que conduzia o V8, invertemos os papéis, afinal o que importa é estarmos juntos.

apenas 40.000 Km
com la mamma



Da. Franca adoro o passeio
O BIGOOODE à esquerda acompanhado do Caccuri


Os importados deram um show a parte, em especial o debute da `Cuda 340 do Sandrão. Mais de 3 anos em processo de restauração lá nos EUA e aqui no Brasil. o resultado é lindo demais, as fotos falam por si.

detalhes das guelras do peixe rápido

Barracuda 1971



ao lado 340 havia um monstro 440
Cuda 1970 440 pol3

6 pack

Adicionar legenda






Além do par de Cudas acima fotografadas, ainda havia Duster, Chargers e Darts muito fortes, acompanhem:


Notem os big blocks Cuda, Charger, Duster e Dart todos os quatro equipados com o gigante 440 pol3 ou 7.2. litros.

Duster 440
Dust 1972

Dart Custom 440



rodas Cragar


Charger 440

big block
 O pôr do sol ajudou em alguns takes externos, especialmente dos lindos Charger americanos.





Charger moderno

D 100 americana e 300 C ao fundo

lindo 300 Hurst


Os bicudinhos ficaram muito bem dispostos no salão principal, intercalados entre azuis e beges, nos modelos Dart, Magnum, Le Baron e R/Ts.







Também no salão nobre estavam dispostos os pequenos notáveis, os Dodginhos, dos 1800 aos Polaras.




Lá fora o clima ajudou, com muito sol, carros lindos, rock'n'roll e gente bacana.



não importa o estado

confederados à vista


bela releitura de Tarantino

interior original do Charger 76

Dart com uma bela receita e muito capricho

linda D 100 do amigo Márcio "Gordo"
Os modernos não fizeram feio, apareceram Chargers, Challengers R/T, SRT e uma SRT Yellow Jacket, um Viper GTS mineiro, além de algumas Journeys, Dakotas e Cherokees.
Viper GTS 1998, já é clássico e ainda tem look moderno

Kowalski moderna


detalhe da placa, com cilindrada 5700 cc




V 10







gêmeas posando para fotos

ao fundo um R/T 74 do Rio

rara combinação de cor neste R/T 1978


afinal o que importa é a familia, detalhe da camiseta da Bella


Charger Nacional 1976 prata monterrey

Charger americano

12 comentários:

  1. Respostas
    1. obrigado Salinho sentimos sua falta, um avrassssss!!!

      Excluir
  2. fotos maravilhosas, se me permite, estou usando uma do Charger americano laranja como papel e parede, aquele sol no fundo ficou demais com o "laranjão gringo", pô só fiquei triste porque não citou as Dakotas R/T hehehe eu estava com a minha, não é clássico setentista mas já é raridade kkkkk, eu acho que agente se encontrou lá, pois eu estava na sala de brinquedos de criança com meu filho, que estava com um carrinho Hot verde do Charger hehehe parabéns pela família, a história de sua mãe e novamente pelas imagens ! valeu !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dennis obrigado, eu lembro de ti sim e do seu garoto brincando de carrinho no hotel! Me perdoe o lapso de não mencionar as Dakotas (já corrigi o texto, mas infelizmente não tenho fotos delas). Aliás elas estão sempre presentes. Inclusive em um ano desses uma R/T cabine dupla muito zero foi premiada. Eu particularmente sempre quis ter uma, especialmente nos fim dos anos 90, mas nunca deu certo ainda ($$). Em 1998 eu buscava uma Dakota Sport V6 que na época custava mais de 30 mil reais zero e acabei comprando (me contentando) com uma S-10 V6 por 25 mil. A chevy foi bacana na época, mas o meu sonho mesmo era ter a tal Dakota ... quem sabe um dia! abração!

      Excluir
  3. Que fotos, Gian. Muito legal.
    Se eu tirei umas 2 fotos foi muito, kkkkkkk.

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é Leroi, com as pequenas eu não consegui fazer todas as fotos que queria e nem fotografar todos os carros...mas até que o resultado final não foi mau.
      abração

      Excluir
  4. Amigo, parabéns pelas fotos (principalmente do Dart/440), que maravilha. Eventos como esse é a preservação da história de carros que literalmente é a paixão mundial. Abração!!

    ResponderExcluir
  5. Belas fotos Gian. Você conseguiu reproduzir bem o que foi o X MoPar Nationals.

    Eu só fui no sábado, pois não me hospedei já que havia o risco do Pudim não ficar pronto a tempo (aliás, ficou semi-pronto na véspera).

    Acompanho com tristeza toda a polêmica em torno das restrições adotadas pela organização. Participei da edição do ano passado e achei que houve muito descontrole; os extremos em geral desagradam, mas não creio que o evento pudesse ter outro formato neste ano. Espero que para 2014 haja colaboração de bastante gente para que o XI MoPar seja do agrado de todos.

    Obrigado pelos elogios ao Pudim, em mais algum tempo ele vai focar bem legal.

    Abração.

    Reinaldo
    http://reiv8.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. precisamos marcar de colocar as barcas para andar! abração e obrigado pelo comentário

      Excluir
  6. Eu fui um dos barrados....
    Todos anos sempre fiz bate e volta, comprava peças, via amigos e carros, muitos carros.
    Ano passado houve descontrole, mas foi um dos melhores e se este era o problema colocava mais segurança....
    Não recebo emails do clube, acompanho as coisas de forma informal mas nunca perdia um Mopar, não tinha entendido que seria um evento fechado apenas com reserva e para quem pagasse pelo menos o almoço....
    Pela primeira vez quis prestigiar indo com meu Dodginho e dei de cara na porta....
    Imaginava que pelo menos deixando o Dodginho fora entraria a pé.
    Queria ate pagar pelo almoço mesmo já tendo acabado, fui para casa com vários outros Dodges Lindos, depois de uma explicação bem discutível.
    Realmente um dos maiores encontros abertos da marca virou fechado, caro e elitizado isso é uma pena.
    Temos a explicações dadas no video, depois de muita insistência e por travarmos a porta de entrada do hotel de tantos carros fora, cercados de seguranças sendo ameaçados de chamarem a policia ....

    http://www.youtube.com/watch?v=88iybf1K2U0

    Mesmo assim conheci outros barrados, comi muito bem na churrascaria ao lado do Hotel, o Polarinha na estrada foi muito bem e muitas fotos.
    Foi um sábado ótimo curti muito meu carro e outros barrados, ate D100 zerada vi...
    Fora parecia ate mais cheio que dentro, mais agitado com certeza estava rsrsrsr
    Só não entrei...
    Valeu
    Parabéns pelas fotos e historias D+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pelo comentário, entendo seu descontentamento e lhe parabenizo pelo forma educada que manifestou sua opinião. As critícas bem feitas são um motivador para rever o que saiu errado e estudar como se pode melhorar o próximo MoNa. abração

      Excluir