terça-feira, 17 de dezembro de 2013

VOCÊ CONHECE O MUSEU DO DODGE?




Todos os anos o Chrysler Clube do Brasil organiza um belo passeio-almoço de fim de ano e pela terceira vez, este almoço foi precedido por uma visita ao Museu do Dodge, projeto idealizado e construído pelo sócio, chrysler maníaco, piston-head, gente finíssima Alexandre Badolato.
vista do galpão principal, Badolato à direita e Paulinho mecânico à esquerda

Apesar de ser a terceira visita oficial do clube ao museu, eu perdi as duas primeiras, minhas gêmeas estão com 3 anos e meio e os passeios de Dodge deram uma rareada, mas isso vem se regularizando com o passar do tempo!
estacionamento exclusivo "penta star"

Tudo isso para dizer que eu estava com um tesão da porra muita ansiedade para visitar o tão famoso templo mopariano. Acompanho essa idéia, o blog, as fotos, os relatos dos amigos desde que conheci o Badola e entrei para o clube, data que coincide com a compra do meu primeiro Dodge, em 2002. Na véspera da viagem mal dormi de nervosismo e cheguei a sonhar com a visita! Pode isso Arnaldo?

Dodge e estrada combina

Acordei bem cedinho, liguei o Dodge e deixei esquentar, fui pegar sei lá o que na Journey, que fica em uma vaga próxima, e vi um liquido transparente escorrer no chão. "Jesus Chrysler" será que furou o radiador? Desliguei o carro, o inconfundível cheiro de gasolina "podium" tomou o ambiente, mas ao abrir o capô constatei que o vazamento era de combustível e não do sistema arrefecimento. Tudo estava intacto e aparentemente algum cisco na agulha fez o sistema cuspir o combustível para fora sem afogar o carro. Não quis arriscar, sequei, limpei tudo e fechei o Dodge. Não foi desta fez que o R/T 76 visitaria seus irmãos e primos.

on board Bel Air, R/T 72 no detalhe

Por sorte eu havia combinado de ir junto com um amigo, o Tico, que antes de amigo era meu mecânico. Detalhe, veio me buscar meu seu belíssimo Chevy Bel Air 1955 equipado com belo motor V8 350, preparado na medida para andar forte e liso. Com certeza será objeto de um post qualquer dia destes.


carinha de vovô, mas possui motor e câmbio de camaro
Alguns podem dizer, mas foste ao Museu do Dodge de Chevy? Sim, pelo menos fui e de carro antigo! Aliás no museu havia, cobertos por grossas capas pretas, dois Pontiacs Trans-Am Firebirds, um Olds e um Opala. Logo o cinquentão não estava tão deslocado assim. São coisas do destino. Não tem nenhum R/T 76 pronto no Museu, vai que o Monterrey resolve ficar por lá??? Melhor ter deixado ela em casa!

Bel Air 1955

visual clean, foram retiradas as bananinhas do parachoque e o avião do capô

A carreata de V8s foi bem bacana e visita superou toda e qualquer expectativa. A começar pela preparação do local. O Alexandre, o Paulinho e resto do time foram na quinta-feira arrumar os carros para nos receberem. São Pedro ajudou e mandou outro belo dia de sol, já escrevi em outros posts que ele é dodgeiro.

concentração para a carreata 

lindo R/T 78

R/T 1975

R/T 1975 na desejada cor amarelo montego

brutal Charger americano

Dart 1977 mais novo que conheço

Não dá nem para descrever o que tem por lá, assim vou deixar comentários nas legendas das principais fotos. Logo na entrada foram dispostas muitas novidades, como o par de Chargers LS e R/T 73, dois Chargers vermelho xavante 1971 e 1972 respectivamente, 4 pick-ups incríveis D100 americana e outra nacional, pequena Dodge 100 1966 e uma Dodge australiana Hemi 6 com volante do lado direito.


no destaque Charger R/T 1973
E mais, pense num Dodge raro, por exemplo o mítico R/T 71 amarelo boreal, esse mesmo que estrelou o filme do Roberto Carlos a 300 Km/h. Realizou? Lá tem 3, sendo um deles survival, ou seja não foi restaurado, um sobrevivente! Já viu uma mosca branca de olho azul, digo um R/T 80? Lá tem 2, um prata e outro azul! E o último Dodge que saiu da linha de montagem, já com plaqueta VW Caminhões? Está lá! Lindo Dart preto 1981, carro que foi achado fazendo shows pirotécnicos em um circo em Brasília. 

Charger R/T 71 vermelho xavante
R/T 1980 e sua roda de liga-leve


Hemi-6 australiano


little red wagon
little red wagon e seu V8 entre os bancos dianteiros

fila de raros R/Ts 71

last edition - Dart 1981

Após da visita, mais carreata até o restaurante Jangadas onde o bom papo, um peixe excelente e os Dodges predominaram nas mesas. Ao final um outro grande dia para ser para sempre guardado na caixinha das boas lembranças.


rara D-100 cabine dupla

interior clean D 100

grade de R/T 1972


Encontrei pela estrada, tanto na ida como na volta alguns amigos que iam a outro encontro com seus clássicos VWs.

lendário Gol GT

"Itamar" com 3000 Km, rodas Fuchs


O Bel Air voltou rodando liso e cheio de apetite, tamanha era sede (e o peso do pé do Tico) que nos deixou sem gasolina na Rodovia dos Bandeirantes, mas fomos rapidamente resgatados. Por fim, chegamos todos bem.

Além da sessão de fotos, oo final do post coloquei o link dos videos que rodei com o iPhone.




relógio analógico, um charme dos anos 50




"bicudinhos" linha 79 / 80

meio teto de vinil, chamado Las Vegas, exclusivo no R/T 1978



Dart e Charger


Chargers americano e nacional 


melhor deixar passar!

   
Dart 78 e Cherokee SRT

Dart 1977 Sedan

Dart coupe bandido






Charger R/T 1975

"novaiorquinho"

lindo Chrysler New Yorquer

New Yorker, capota de vinil

vanguarda em 1966
NY: sedan 4 portas sem coluna

CB 500 Four
Dodge Charger americano 1972 
rabetas à sombra


raro R/T 72

Magnum

compreenda o significado de "muscle car"

Dodge Charger


Sedans


volante Walrod na wagon


embaixo do console não há cooler



Dodge 100 1966


volante na direita
HEMI 6


D 100 americana com 2 tanques de gasolina


Australian Valiant

HEMI 6

Dodge Charger R/T 1973

na cor vermelho índio

trinca de R/Ts 71

mais um R/T 1971

Australian Dodge - HEMI 6

Chargers nacionais 1973, LS e R/T, capas da 4Rodas de época, lembra?

raro Charger R/T 1972 vermelho xavante




Charger LS 1971

Dart GT americano cabrio 1967

rabeta do Dart 67

Dart Sedan 1970


mais um raro Charger R/T 1971

outra mosca branca, Charger R/T 1972
Charger R/T 1974

Darts Sedan


Charger R/T 1977

Charger R/T 1978

Chargers R/Ts 1979




Dart coupe 1981

Le Baron

R/Ts 79 duas cores, no meio o famoso "pudim"

Chargers de última safra
R/T 79 duas cores ao lado do R/T 80 uma só cor





Esplanada GTX
interior do GTX, alavanca atrasa ou adianta o ponto do motor

Esplanadas


Dart Hang 10 - visual surfer anos 70
Dart Hang 10

Dart Hang 10




Super Coupe

Super Coupe fabricado 3/1978

Super Coupe customizado 5/1978

Dart slant 6 - americano


Magnum


Dart Swinger


Dart Swinger
Dart Swinger americano


Duster
Plymouth Duster 1979

Duster

Duster


Duster: opera window, usada também nos "nossos" R/Ts 79


Dart coupe mais novo que conheço

são apenas 14.000 Km





R/Ts 72




3 VIDEOS:







7 comentários:

  1. Que beleza de cobertura Gian! Aliviou um pouco minha frustração por não poder ter ido - o carburador do meu R/T 78 rateou na véspera e meu R/T 79 estava (ainda está) passando por melhorias internas e externas.

    Fiquei com muita vontade de voltar ao Museu, não pretendo desperdiçar a próxima oportunidade.

    Parabéns pelas fotos.

    Abração.

    Reinaldo
    http://reiv8.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. puxa Rei, os Dodges ficaram com ciúmes e nos boicotaram kkk! obrigado e abração, se não nos vermos antes do fim do ano, um ótimo natal em familía e uma puta 2014! a propósito, sábado 21.12 tem a regularidade de clássicos em interlagos organizada pelo Jan Balder, vamos?

      Excluir
    2. Caramba Gian, essa época do ano é muito concorrida, tenho compromisso com meus irmãos.
      Muito obrigado pelos votos, retribuo com meu sincero desejo que você e tua família tenham um Santo Natal e que 2014 venha firme, com muitas alegrias, paz e prosperidade, que é para a coleção aumentar!
      Grande abraço.

      Excluir
  2. Puta merda! Belíssimas fotos.
    Talvez no futuro eu tenha moral para ir no museu do Badolato, kkkkkkk.

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado Leroi! Um feliz natal em familía e uma puta 2014!

      Excluir
  3. parabéns pela cobertura !!! lindas fotos !!!!
    sou novo como "dogeiro" mas um velho apaixonado pelos dodges !!!
    espero um dia poder conhecer o acervo do badolato !!

    abrs !!

    ResponderExcluir
  4. valeu Raphael, fiquei ligado que aqui vou informando sobre as noticias dodgeiras, sábado 21.12 tem a regularidade de clássicos em interlagos organizada pelo Jan Balder, se anima?

    ResponderExcluir